What’s New Pussycat – atualizado em 27/11/08

setembro 2, 2008

Bien, vai tempo e resolvi passar umas notícias sobre mim mesmo.

Semana passada me submeti a uma cirurgia para retirada de um linfonodo de quase dois centímetros no pescoço. Foi tudo de repente, terça-feira o médico marcou, quinta estava na faca.

Ainda não tenho todos os resultados, mas até o presente momento tudo está ok, sem complicações.

O motivo desse post, na real, é para aproveitar uma lacuna que existe na net sobre o assunto. Se alguém fica assustado por perceber um “caroço” no pescoço, sem dúvida cairá direto em páginas que tratam de linfoma (câncer linfático), ou em comunidades no Orkut que tratam do assunto. O pânico é o tom de quase todas as páginas. Também há o resultado de pesquisas que tenho acesso no wordpress de como as pessoas chegam aqui no blog. Afora um ou outro “rock”, todo o dia há termos de pesquisa “caroços”, “cervical”, “linfonodo”, por conta de um post mais antigo que fiz.

Sendo assim, deixe eu tentar fazer o inverso dos demais.

Uma coisa deve ser dita: não é porque aparece um caroço na sua cervical que você terá câncer. Há várias variáveis, entre elas uma simples reação do organismo ou imunidade baixa que faz com que os linfonodos trabalhem exaustivamente, chegando a, como no meu caso, manterem-se “inchados” por mais de ano, com aparecimento de outros inclusive.

Claro que não é agradável sentir esses carocinhos. A cabeça vaga por lugares escuros. O que interessa aqui é o seguinte:

– Se você quiser ir à fundo para saber sobre o “caroço” não leia nada na internet antes de falar com um bom médico, de preferência um cirurgião de cabeça e pescoço ou infectologista;

– Sintomas de linfoma são tão vagos e amplos que, em princípio, qualquer coisa, e digo QUALQUER COISA, pode ser sintoma. Desde uma unha encravada a uma coceira que “coça mais do que o normal”. Por isso, volto a repetir, um bom médico deverá ser consultado antes de qualquer coisa;

– Exames de sangue não são 100% confiáveis para o diagnóstico de doenças desse tipo. Porém, se você tiver um carocinho por mais de ano, que não tenha crescido, se multiplicado ou nada do tipo, e o seu VSG é normal, as chances são muitos baixas de ser câncer;

– A punção aspirativa por agulha fina pode ser considerada um método eficaz para biópsia, desde que o linfonodo não ultrapasse 1cm ou não volte a crescer depois de puncionado. Há muitos médicos e pacientes que querem a faca direto. Ok, a biópsia total com retirada completa do linfonodo é mais garantida, mas confie no seu médico também se ele tiver razões para não proceder dessa forma;

Caroços no pescoço são comuns. Provavelmente se você resolver se apalpar agora encontrará algumas saliências, o que não é motivo para te despertar pânico nem nada disso. Há um histórico a ser considerado antes de qualquer coisa e há muito o que se examinar para se chegar a uma conclusão de risco.

Não quero e nem vou ser fatalista, a razão desse post é justamente o contrário. Em nenhum lugar na internet encontrei um artigo que fosse comentando que um linfonodo inchado pode não ser nada. Como dizem, ninguém escreve um livro, ou um artigo sem uma razão. Quando não há razão, não há pesquisa. Então, tudo o que você encontrar por aí, serão casos onde ocorreu algo fora do normal. Tranquilize-se, “cada um é cada um”.

Não sou médico, longe de mim. Sou apenas alguém que passa por uma situação que muitos outros já passaram e ainda vão passar e tento dar o meu testemunho de acordo com o que ocorreu comigo.

Ainda não sei do resultado final da minha biópsia, mas estou otimista quanto ao resultado.

Em tempo, fica aqui meu agradecimento à minha família que esteve comigo em cada passo dessa função toda (em especial à Zi pela paciência gigantesca ;), meu filhote, minha mãe, meu Mano e minhas cunhadas), aos votos de melhoras de meus amigos e aos médicos (Drs. Marclei, primo Eduardo e Rafael) e equipe que me atenderam com todo cuidado, otimismo e respeito nesses dias.

Atualização, resultado da biópsia e demais considerações: https://analismosmimetistas.wordpress.com/2008/11/19/lump/

Anúncios

14 Responses to “What’s New Pussycat – atualizado em 27/11/08”

  1. Duda Says:

    É isso ai dusmeu, bola pra frente!

  2. Tiago Says:

    Melhoras, bom jovem!

    Melhoras.

    E grande abraço.

  3. DuDu Says:

    Estamos contigo parceiro.

  4. marZ Says:

    Tenho vasta experiencia no assunto. Melhoras e lembre-se que vaso ruim não quebra.

  5. Felipe Says:

    Cheguei ao seu blog justamente por procurar no google sobre um caroço no pescoço!
    Quando percebi entrei em pânico, mas agora li muitas coisas que me assustaram e que também me tranquilizaram, enfim, é o segundo dia que noto o caroço mas não quer dizer que seja algo sério, vou cuidar mais uns dias antes de procurar um médico.
    Gostei do seu post a respeito, e espero que esteja tudo certo com a tua biópsia. Abraço!

  6. Susi Says:

    Valeu…Estou com meus linfonodos inchados no pescoço, faz 18 dias, e são vários, uns 5. Fiz punção e deu mal definido, se em 15 dias n sumirem vou fazer cirurgia e biópsia. Vc foi a única pessoa que me tranquilizou, obrigada e que nós estejamos muito saudáveis. Valeu.

  7. Álcio Says:

    Que bom que esse post pôde ajudar de alguma maneira. 🙂

    Em breve postarei sobre os “depois”. Para adiantar, a biópsia deu tudo ok, sem problemas: reacional.

    Abraços e saúde à todos!


  8. […] 19, 2008 Novas novidades novinhas sobre o assunto tratado em What’s New Pussycat? há quase três meses […]


  9. Estou a uns dois dias com três coroços no pescoço, nauseas e tem horas que me da calafrios,estou com medo que possa ser algo de grave.
    Marquei um medico

  10. alciovillalobos Says:

    Tranquilidade nessa hora, Angela. Tudo dará certo e, provavelmente, não será nada!
    Abração!

  11. Dimy Says:

    Tnhu passado por mals bocados nas ultimas 4 semanas. Andei lendo varias coisas na internet e fikei em estado de choque. Durante todo esse tempo, não parei um instante se quer de pnsar que eu pudesse estar doente. E outra, não consigo parar de me tocar, procurando tais “caroços”. Agora, nesse exato momento em que escrevo essa mensagem, continuo a meu palpar porque desde hoje de manha encontrei um infeliz di um caroçinho na cervical. Consulto imagens, textos, procuro saber extamente suas localidades e… enfim, um texto que me tranquilizou, no caso, este. Realmemnt o melhor a se fazer é buscar a opinião exata de quem realment entende do assunto e ter certza do que se tem através de exames, porque por experiencia propria, logo no inicio de minha incansável pesquisa, qse entro em depressão. Então, é isso! Ao invés de voce fikar se martirizando como eu fikei, consulte um médico especialista em pescoço, cabeça ou um infectologista e… SEJA FELIZZZZ!!!!

  12. DI Says:

    Espero que estejas bem. Acabou de me acalmar pois estava achando que minha filha de 7 anos pudesse nao estar bem(medos de mãe), ela esta com uns carocinhos no pescoço, vou esperar uma semana para leva-la ao médico caso nao desapareça. Tchau.

  13. Junior Says:

    Só tenho a agradecer a você. Realmente a internet deixa louco quem está com algum problema.
    Estou com um caroço na parte de trás do pescoço há um mês.
    Ontem estava desesperado.
    Hoje fiz uma ecografia. Constou que ele tem 1cm.
    O ecografista disse que não era para me preocupar. Que somente se ele tivesse o dobro do tamanho deveria me proucupar.
    Enfim, agora vou continuar os exames atrás da causa.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: